segunda-feira, 9 de agosto de 2010

Ore pela sua cidade ...


-> È o tempo de orarmos pela nossa cidade, a Igreja e principalmente vocês jovens receberam de DEUS a responsabilidade de mudar a história das sociedades. O mundo não será verdadeiramente transformado através de políticas internacionais; os países não serão de fato mudados pelo desenvolvimento tecnológico e crescimento na educação; as sociedades não se tornarão melhores se adotarem uma política de desenvolvimento planejado; as pessoas não serão mais prósperas se ganharem melhores salários. As mudanças não dependem daquilo que os homens podem fazer; o mundo só mudará de verdade quando a Igreja se valer da autoridade que lhe foi dada por DEUS. Somente a Igreja pode mudar a realidade das sociedades, porque DEUS deu esse poder tão somente a ela. Ele mesmo afirmou: “Se o meu povo".


-> Hoje nós podemos ver a triste situação do Brasil e do mundo. Temos ouvido falar acerca da pobreza crescente, da exploração, das desigualdades sociais, das mortes encomendadas, das guerras e da miséria no mundo. O ser humano está cada vez mais corrompido e menos compassivo. Parece que, a cada dia, os reflexos da glória de DEUS no homem têm se tornado menos perceptível: ele está menos parecido com DEUS. A sociedade está instante após instante, mais deformada. Muitos projetos, propostas de melhoras e planos de emergência têm sido apresentados, mas nenhum sinal de restauração – isso, porque apenas a Igreja pode trazer restauração ao mundo.


-> Os olhos de todo o universo estão colocados na Igreja, e o mundo aguarda uma solução. A Igreja precisa ocupar a posição que o próprio DEUS lhe deu. É tempo da Igreja se humilhar, orar, buscar a face de DEUS e se converter dos maus caminhos. É tempo de cada membro da Igreja se vestir de pano de saco e cinza, rasgar o seu coração e apregoar um santo jejum em favor de sua cidade, de seu país e de cada nação. É tempo de a Igreja brasileira acordar, deixar de lado as desavenças, arrepender-se da sua inatividade e suplicar a graça de DEUS com orações e jejuns.

...É tempo de acordar!...

“Se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e me buscar, e se converter dos seus maus caminhos, então eu ouvirei dos céus, perdoarei os seus pecados e sararei a sua terra” (II Crônicas 7.14).


Nenhum comentário:

Postar um comentário