sexta-feira, 4 de março de 2011

MentirinHas...

“Por isso deixai a mentira, e falai a verdade cada um com o seu próximo, porque somos membros uns dos outros” (Efésios 4:25)



Quando se é falsamente acusado por alguém, a gente move “mundos e fundos” para trazer a verdade à tona, e enquanto ela não vem, cresce um sentimento angustiante em nosso peito, como se fosse um tumor que se expandisse a nos sufocar... Muitas vezes, no entanto, estamos em lados opostos, e somos nós os acusadores levianos de alguém, e se estamos sendo beneficiados com tais mentiras, somos tentados a continuar ocultando ou ignorando a verdade. Mas uma hora a “casa cai”, e somos desmascarados impiedosamente pela justiça.

Há uma máxima que diz que “a mentira tem pernas curtas”, mas é preciso fazer uma pequena correção: tem “pernas curtas”, mas com os “passos longos...” e por isso talvez demore tanto a ser descoberta. Quando isso acontece, somos constrangidos a admitir nossas falhas, tentamos até mudar nossa opinião, nossas atitudes, mas para muitos de nós, logo vem outra infeliz oportunidade, e mentimos de novo.

Para reconhecer que se é um mentiroso, é preciso que se humilhe e que se peça perdão, esse é o grande problema, isso não é nada fácil! Há também um medo com relação ao que as pessoas vão pensar a seu respeito, qual será a opinião delas, qual a crítica e até se vai haver um possível desprezo dessas pessoas em relação à sua pessoa... A verdade realmente custa um preço alto.

Até agora falamos de mentiras grandes, covardes, e que ofendem e desmoralizam os nossos semelhantes... Mas o que dizer das pequenas mentiras? Essas são terríveis... Acredito até que sejam as piores, pois elas nos viciam e saem de nossas bocas a todo instante e toda hora... Tornam-se corriqueiras, banais, e chegamos ao ponto de acharmos que elas são ditas por “uma boa causa”, e que não causariam nenhum mal... Terrível engano! Toda mentira, pequena ou grande é uma afronta contra DEUS, e se desagrada ao Criador, com certeza satisfaz a satanás... Veja o que diz o Apóstolo João em seu evangelho, no capítulo 8, versículo 44: “Vós tendes por pai ao diabo, e quereis satisfazer os desejos de vosso pai. Ele foi homicida desde o princípio, e não se firmou na verdade, porque não há verdade nele. Quando ele profere mentira, fala do que lhe é próprio, porque é mentiroso, e pai da mentira”.

Queridos, se a verdade custa um preço alto, a mentira custa toda a sua vida... Até quando vais continuar enganando a si e ao seu semelhante? Lembre-se, porém, que a DEUS você não engana... Mentiras pequenas são sempre as piores, porque nunca nos lembramos de confessá-las... E as levamos pra sempre conosco.

QUE DEUS POSSA ABENÇOA CADA UM DE VOCÊS GALERA...

Imagem: Get floramar / Texto: Cicero Volney

Um comentário:

  1. É, as pessoas as vezes se humilham diante de Deus pelas grandes mentiras que contaram ou viveram...
    Mas esquecem das pequenas, e essas, bem...essas são as viciantes e as que temos mais obrigação ainda de confessa-las e dar um STOP!
    Deus nos ajuda, nos instrui, nos transforma.


    Beijo, beijo.

    ResponderExcluir