segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

E se chover!...


Uma mulher encontrou seu ministro na rua. "Reverendo", ela disse, "não há uma montanha sequer que eu não subiria para ouvir um de seus sermões. Eu seria capaz de nadar o rio mais largo e cruzar o deserto mais vasto". Despedindo-se dele, ela falou: "Eu o verei na igreja amanhã, Reverendo - se não chover!"


É possível que sejamos iguais àquela mulher. Falamos que fazemos isso e aquilo, prometemos cooperar em quaisquer situações, oferecemo-nos para todos os programas existentes e... na prática, nada fazemos. Sempre temos uma desculpa para a nossa indiferença às coisas de Deus.


Deus não espera que subamos montanhas, nem que atravessemos grandes desertos ou nademos rios imensos. Ele espera apenas que nos coloquemos em Sua presença e estejamos dispostos a fazer a nossa parte para que Seu nome seja proclamado e engrandecido.


Se fizermos, para a glória do nosso Senhor e Salvador, apenas aquilo de que somos capazes, já estará muito bom. Não preciso me sacrificar, não preciso me desesperar para alcançar grandes desafios, não preciso me superar para fazer coisas mirabolantes. Preciso ser apenas eu mesmo, com amor, com simpatia, com alegria, com satisfação. Deus fará, do nosso pouco, grandes e maravilhosas coisas.


Se eu estiver disposto a colocar minha vida no altar do Senhor; se eu estiver disposto a ser usado por Ele, com chuva ou com sol, com frio ou calor, com dinheiro ou sem dinheiro, nos bons e maus momentos, então Ele será exaltado e eu serei muito abençoado e feliz.


Você está preparado para fazer a vontade do Senhor? Mesmo com chuva?



Deus Abençoe...
i magem: Get Floramar / Texto: Paulo 



Nenhum comentário:

Postar um comentário